Design de Marca – como avaliar bem?


Com a disseminação cada vez maior de artigos e papers de marketing, hoje todo empresário já sabe a importância do design de marca para o sucesso e desempenho de sua empresa. Mas fica a dúvida: será que todo empresário sabe disso mesmo? Infelizmente essa afirmação ainda não se tornou uma realidade no Brasil.

Depois de trabalhar por mais de dez anos com a criação e design de novas marcas, posso dizer que a maioria dos pequenos e médios empresários ainda não alcançou um nível de maturidade que lhes permita identificar o design com uma necessidade. Existem as exceções e, provavelmente, se você está lendo é porque tem o privilégio de estar nesse seleto grupo: empresários que entendem a importância da imagem e que sabem que existem algumas armadilhas, que podem e devem ser evitadas.

A qualidade e a força de uma marca são pontos subjetivos, porém existem alguns critérios para validar minimamente o que está sendo proposto pelo designer ou pela Agência de Publicidade. Uma marca precisa, minimamente:

  1. Ter fácil aplicação em diferentes meios;
  2. Precisa ser fácil de lembrar;
  3. Precisa ser simples;
  4. As cores precisam estar alinhadas com o sentimento que você quer evocar;
  5. Precisa ter o “humor” da sua empresa;

Existem outros tópicos, mas esses acima são básicos. E precisam ser atendidos.

Veja um case de design de marca consistente que criamos para a Boxxe - Walking Food

Uma outra questão é a experiência e real aptidão do profissional que se propõe a criar ou desenhar uma marca. No passado, as marcas eram desenhadas no papel (aqui na Agência Pulse nós ainda desenhamos as primeiras etapas assim). Pouco tempo atrás, com a popularização dos softwares de desenho vetorial, vulgo COREL DRAW, ocorreu uma mudança grande no mercado, caracterizada pela enorme quantidade de amadores ou iniciantes, que apenas operam softwares, mas não tiveram tempo para absorver e maturar o conhecimento necessário para tratar o design como profissão. No primeiro caso (os chamados micreiros), provavelmente, isso nunca ocorrerá, pois são pessoas que buscam apenas uma complementação em sua renda, fazendo bicos para gráficas e vendendo pela internet. No segundo caso (iniciantes genuínos, aprendizes), pode ocorrer um amadurecimento gradual com o tempo e a tendência é, a medida que o estudante vai se firmando como profissional, seus preços também vão se tornando profissionais.

Agora estou pronto para lhe fazer uma pergunta: você visitaria um médico cardiologista amador?

Você faria um segundo pavimento na sua casa com um engenheiro amador?

O modelo econômico, a falta de apoio ao empreendedor e a falta de infra-estrutura básica são fatores que dificultam a vida do empreendedor, levando a uma necessidade de fazer sempre mais gastando menos. Porém existem situações em que uma falsa economia pode gerar prejuízos futuros. O design de uma marca é importante para sustentar sua imagem positiva. Uma marca ruim causa danos a sua imagem. Danos causados à imagem de uma empresa, são difíceis de reparar.

Precisa de ajuda para o design de sua marca, com qualidade e preço justo? A Agência Pulse pode te ajudar!